19 de março de 2010

Parabéns Herman José


Já tinha falado dele aqui. Mas soube agora, que hoje faz 56 anos. É uma personalidade que merecia mais respeito, pelo quanto nos diverte desde da nossa meninice sempre com um bom gosto inquestionável, pelo menos para mim, com sketches e músicas que resistiram na lembrança de todos nós durante toda a vida. Sem dúvida nenhuma um dos meus grandes ídolos. PARABÉNS HERMAN.

Aqui deixo a homenagem ao Herman bem com a Rosa Lobato Faria...
 

5 comentários:

continuando assim... disse...

Convite para ler

O livro "Continuando assim...", foi maltratado...

Resolvi por isso, e porque tanta gente não encontra o livro onde deveria estar (nas livrarias), recontar a história , lá no
…. Continuando assim…

Vamos em metade da história, o livro reescrito , não está igual (nem podia) ao que foi editado.
Um obrigada especial a quem segue (pois só vale a pena assim).
A quem chega de novo, umas boas vindas sinceras. E outro obrigada .

Mais uma reflexão em relação a todo este assunto, e um conselho, se é que me é permitido:

--- quando vos pedirem dinheiro para editar as vossas palavras, simplesmente digam que não ---
Bj
Teresa

Korrosiva disse...

Confesso que já me ri muito com o tio Herman, mas de momento ele está deitadinho na cama que fez.
Vai fazendo cada vez mais tristes figuras e no fim acaba por ser ele o objecto de gozo.. enfim!

beijinhos

tania disse...

n goxto do herman...nc goxtei,pa mim n tem piada nenhuma nada do k ele dix.n xei pk max pontx.cada um tem a xua ideia.lool

Fresco_e_Fofo disse...

O Herman foi uma vítima da concorrência e da mente aberta que o caracteriza.
E depois teve o azar dessa inveja concorrencial ter coincidido com o caso Casa Pia e alguém se aproveitou para lhe "fazer a folha".
Acho que anda em digressão pela província, quem sabe (rumores não faltam) apanhado num desses bancos corruptos.
Espero que não, porque se ganhou bom dinheiro, penso que foi sempre à custa de um talento que ninguém pode negar.
Curiosamente (talvez seja só a minha teoria da conspiração a funcionar), não o vejo, há muito, acompanhado daqueles actores para quem ele foi mais do que pai.
A vida está cheia de ingratidão.

izzie disse...

:)

Marca-me até hoje... embora seja uma saudosista do passado.
Mas claro... todos temos fases e vontades.
Mais do que do trabalho, gosto da forma como vive os amigos... ou pelo menos parece.

(Anda ao jantar de dia 27, que achas?)

Beijinho,